Total de visitas: 1987156
 
Sexo Virtual

 

 http://enfermagem.no.comunidades.net/imagens/673_1000.jpg

Saiba como esta prática quase anônima pode ser viciante, e como ela pode prejudicar você ou ser benéfica de alguma forma!
 
Eu, por exemplo sou a favor! Por dóis motivos; Não transmite doença e não prejudica a saúde...
Tudo vai mudando. Algumas coisas nasceram com a internet, quando o assunto é relacionamento. Entre elas, como já comentado uma vez, veio a traição virtual e antes disso o romance virtual, que você pode conferir mais detalhes clicando nos posts linkados. A mais de dez anos existe uma prática que foi se estabelecendo por toda internet, e ela foi se aprimorando principalmente com a chegada de redes sociais direcionadas a romance.


O que é o sexo virtual?

O sexo virtual é praticado de algumas formas. Ele pode ser:

 
Via chat (msn, salas de bate-papo, skype ou qualquer outro talk sem vídeo): onde duas pessoas trocam mensagens eróticas, simulando estarem juntas, descrevendo como estão vestidas ou até mesmo mentindo como estão "gostando" da experiência. Em geral quem pratica, leva à sério e tem orgasmos apenas "digitando" com um estranho.

Via webcam: vendo o outro tirar a roupa ou encenar, enquanto se ouve por microfone, sua respiração ofegante ou qualquer outro estímulo sexual. O uso da webcam se tornou popular principalmente depois de sites estilo badoo por exemplo, que possibilitam as pessoas de ter contato com outras de qualquer lugar mantendo sua identidade em segredo, assistindo alguém às cegas.

Loucura ou não?

 
Em geral o sexo virtual é mais praticado por quem não tem muito conhecimento de informática, e em poucos casos, por pessoas que tem dificuldades de se relacionar na vida real ou moram longe, usando o método como ponte.

Quando um casal está separado por algum motivo: viagem, moram longe etc, e não podem estar juntos tão cedo, o sexo virtual pode ser uma boa ajuda para manter a proximidade do casal, mas este não deve ser usado como unica fonte de encontro entre os dois sempre.

Algumas pessoas precisam do sexo virtual para criar um vínculo maior de intimidade entre outra pessoa, por ter alguns problemas de timidez na vida real. Vale lembrar que por mais que o computador ajude, levar o sexo virtual à sério pode viciar e acabar atrapalhando, se a pessoa não souber quando parar ou até onde ir.

Para ajudar com a intimidade é sempre bem vindo, e pode ser uma poderosa ferramenta neste ponto.


Vício
 
Levar o sexo virtual à sério, praticando o tempo inteiro, é sinal de vício. 


 

Existem casais onde a pessoa pratica traição virtual com o outro via internet, e costuma dizer que aquilo não é nada. Ela pode se tornar agressiva quando tentamos remover isso dela.

Quando ela passa a ter mais sexo virtual do que o real, ela está viciada.

O fato de poder encontrar alguém de qualquer lugar do mundo e não ser exposto de certa forma, tendo uma ilusão de estar sempre fazendo sexo com uma pessoa estranha, sem ter que passar pelo "oi tudo bem" da vida real - indo direto ao ponto - faz com que aquela pessoa sempre queira repetir a dose novamente, até que ela esteja totalmente imersa naquele mundo, sem a mínima vontade de sair.

Neste ponto talvez seja necessário a intervenção de um médico, pois a coisa pode estar saindo do controle.

É preciso ter uma grande noção de quando o sexo virtual está sendo útil ou fútil. Quando ele está aproximando duas pessoas, sendo apenas diversão, ou passando dos limites e entrando na dependência, como uma unica fonte de prazer.

http://enfermagem.no.comunidades.net/imagens/955_1000.jpg

Criar um Site Grátis    |    Crear una Página Web Gratis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net